Luzes do futuro vão iluminar
Num presente escuro onde eu fui brilhar

Na margem que passa junto ao rio inerte
Um templo sem graça faz que se diverte

Vida importada, morte nacional
Farsa anunciada, juízo final

Farsa, luzes do futuro
Farsa, luzes do futuro

Gente apagada brilha pra turista
A massa cansada dança pra estatística
Beija a fantasia e se sente gente
Finge que é sono, mundo diferente

Quando tudo é cinza
Vassoura na mão
Só ele tem cor
Vai varrer o chão

Farsa, luzes do futuro
Farsa, luzes do futuro

Luzes do futuro, vassoura na mão
Luzes do futuro, vai varrer o chão

Vídeo incorreto?