Surgiu em cor de brasa, em cor de sangue
Nas grandes matas verdes flores, a origem do nobre Brasil
Brasil terra de Ibirapitanga tem a graça luz que inflama
A natureza desta Pátria Mãe Gentil
A exploração ÔÔÔ, ricos franceses desviavam índio e Pau-BR
Na ordem de Rei Dom João veio a colonização
Com a intenção de acabar com a invasão ( Ô de la pra cá )

De la pra cá nesse vai e vem
Martin Afonso vem da torre de Belém
Encontrou Caramuru, o Deus do fogo junto com Paraguaçu
Nasce a vila São Vicente ( meu amor ), primeira vila do Brasil
E o meu Camisa Verde segue na linha de frente
Em mar aberto pra você que nuca viu

Capitanias não vingaram, veio governo Gerais ( Que legal! )
Linda Conceição da Praia, o Bispado, A Primeira Capital
Nasceu São Paulo da garoa, nosso amor nossa paixão
A indústria açucareira, Jesuítas e Tamoios
Escravos Negros eram a importação ( Mas quero....)

Quero relembrar, vou recordar, do grande Estácio de Sá
Fundou São Sebastião, expulsou todo Francês, é o fim da França Antártica
Morre Dom Sebastião lá em Quibir, o domínio é Espanhol
Na coroa Portuguesa viva Rei Felipe, sim
Pois a Espanha em Portugal é realeza

Tem Verde e Branco no ar, Vai balançar coração
A Barra Funda explodindo de emoção