Mina...eu...(mina...eu...mina...eu!)
Ha muito tempo estou querendo tanto
Lhe dar um lenço para enxugar seu pranto
Mas essa dor é só sua
Mina...eu...(mina...eu...mina...eu!)
Sou negro mas não sou São Benedito
Quisera eus er assim tão bonito
Para poder lhe ajudar...(e agora!)
Agora que esta na descido pro fundo do poço
Por não aceitar os conselhos de um paspaná
Não diga que eu cai fora como deveria
Ficar,dar meu lenço pra poder seu pranto enxugar...(na estrada!)
Na estrada da vida tem altos e baixos... querida
Para cada descida a uma subida a galgar
Voçe não percebeu isso e continuou descendo
Se eu não me seguro iria me afogar
Se eu não me seguro iria me afogar
Se eu não me seguro iria me afogar

Vídeo incorreto?