Às vezes paro e penso
Nada mais me espanta
Às vezes nos perdemos
Num olhar triste de criança

Tentamos não ver
Às vezes não damos conta
Há solidão escondida
Num sorriso de propaganda

Vamos gritar aos quatro ventos
Não podemos perder todo tempo que temos aqui
Vamos cantar pra todo mundo
A alegria de ter bons amigos e permitir viver

Nada parece certo
Nós estamos às avessas
Pessoas com fome nas ruas
E viramos a cabeça

Às vezes me pegunto
Se algo ainda me assusta
Às vezes não ligamos
Qual será o preço a pagar?

Vamos gritar aos quatro ventos
Não podemos deixar tudo assim como está
Vamos dançar no topo do mundo
Já que o tempo não espera e agora é a hora de viver

Vamos gritar aos quatro ventos
Não podemos perder todo tempo que temos aqui
Vamos cantar pra todo mundo
A alegria de ter bons amigos e permitir viver

Vamos gritar aos quatro ventos
Não podemos deixar tudo assim como está
Vamos dançar no topo do mundo
Já que o tempo não espera e agora é a hora de viver

Vídeo incorreto?