Não há certeza que me sossegue,
Nem impasse que me impeça,
Não tem jeito, tenho pressa
E a mim só interessa

Teu gosto, toque, presença
Que me invada, que me renda
E com o teu olhar me prenda
Oh oh

E paralise o instante
E acelere o movimento
Que conduz à devassa
Que revela em semitom
Tudo aquilo que se passa
Quando você me atravessa, oh oh

E paralise o instante
E acelere o movimento
Que conduz à devassa
Que revela em semitom
Tudo aquilo que se passa
Quando você me atravessa com seu som, oh oh

Vídeo incorreto?