Com minha menina fui na paulista
Comprar um jeans e um microcomputador
Quando escutamos na loja de discos
Um som de maluco com gritos de horror

Imediatamente entramos na loja
E vimos que o disco era todo assim
Porém ao ouvi-lo deu um treco estranho
E agora não sei o que será de mim

Virei carioca! (uh uh) meu Deus que horror
Cansei de esfiha, enjoei do metrô
A turma do shopping nem quer me ver morto
Faltei ao agito no aeroporto

Nunca imaginei que um simples disco
Tamanhos estragos viesse a causar
A minha menina agora é hippie,
Foi para o oriente recusa voltar

Não posso sequer mais andar na paulista
A chave da porshe o pai escondeu
Depois que encontraram com as coisas na mala
Mesmo eu dizendo que não era meu

Virei carioca, meu Deus que má sorte
Adeus faculdade, emprego no norte
Oh yeah oh yeah!

Dizem que eu sou um paulista mutante
Orra que displante, que raiva que dá!
Vou comer uns pastel com um chopps no china
Esquecer minha sina, ruim de amargar

Virei carioca! (uh uh) orra meu
Virei carioca! (uh uh) mas só
Virei carioca! (uh uh) oh yeah
Aruca aruca aruca!

Vídeo incorreto?