Bota lenha na fogueira que está frio lá fora
Fecha a porta tira a roupa fogo de amor não tem hora
Vem me dar um amasso me dá logo um beijo
Que eu já to aceso louco de desejo

Bota lenha na fogueira que está frio lá fora
Fecha a porta tira a roupa fogo de amor não tem hora
Vem me dar um amasso me dá logo um beijo
Que eu já to aceso louco de desejo

Na sua casa vou passar pra te pegar
No prazo de meia hora dá tempo de se arrumar
Quero te ver de vestidinho transparente
To danado de contente doidinho pra te amar

Bota lenha na fogueira que está frio lá fora
Fecha a porta tira a roupa fogo de amor não tem hora
Vem me dar um amasso me dá logo um beijo
Que eu já to aceso louco de desejo

Solo

Quando te vejo quero o seu beijo molhado
Fico todo arrepiado dominado por você
O teu chamego me ecita me provoca
A gente abusa a gente gosta das loucuras do prazer

Refrão

Vídeo incorreto?