Dizem que mato te ouro
E que paredes tem ouvido
Mexer com mulher casada
Vira alvo do marido

É preciso ter cuidado
Com o tamanho da intriga
Pra não entrar de gaiato
E ser otário numa briga
E amanhecer com a boca
Toda cheia de formiga

Aaaai, se ela não presta
Tire o seu da reta
Dá um jeito, esqueça

Saaai, antes do estouro
Peruca de touro
Não serve em qualquer cabeça

Vídeo incorreto?