Assim não dá,
Você já passou da conta
Apronta e me faz de tonto,
Depois pede para voltar.
Pare com isto
Não quero mais compromisso
Saio deste reboliço
Sem precisar retornar

O seu terreiro,
Sofrer sempre, desespero
É pensar que é passageiro
O que sempre acontecia

Quebrei as portas
Retirei do pensamento
As rimas do sentimento
Que eu sempre perseguia

Para esse amor que já foi minha paixão
Aprendi a dizer não
Para nunca mais voltar

Além do mais, eu já me sinto capaz
Até por errar demais
Já não me permito errar

Tomei juízo, criei o meu paraíso
Retornei do precipício
Onde eu só fiz perder

Peguei carona na garupa do futuro
E o lugar mais seguro é distante de você
É distante de você, ê ê, é distante de você

Vídeo incorreto?