Ai, eu não tô conseguindo nem dormir direito,
Por causa dessa dor que dói demais no peito,
Quando pego no sono já é madrugada.
Ah, e quando acordo tudo está do mesmo jeito,
Parece que não tem remédio que dê jeito,
É inútil dormir porque essa dor não passa,

Ah, quem dera eu pudesse te arrancar do peito,
Mas isso é impossível, eu sei que não tem jeito,
Quando a gente se apaixona perde a razão.
E a solidão é cega, muda e surda, e cheia de defeito,
E só você voltando é quem vai dar um jeito
No descompasso do compasso do meu coração.

Então vem, vem porque eu sei tu me quer de novo,
Eu também não sei viver sem teu amor gostoso,
A nossa estrada tem a mesma direção.
Então vem, vem que desta vez vai ser diferente,
Basta acreditar no amor da gente
Que o ciúme é que passa a não ter razão.

Vídeo incorreto?