Um vaqueiro apaixonado
Montado no seu cavalo
De nome preto alazão
Numa grande vaqueijada
Acenou pra sua amada
No meio da multidão
Ela lhe mandou um beijo
Satisfeito seu desejo
A paixão do seu coração
E numa grande corrida
Em nome da sua amada
Derrubou o boi no chão
E quando o boi caiu
Ê boi,ê boi
Ofereceu prá donzela
Ê boi,ê boi
Um buquê de flores lindas
Junto com o troféu
Que ele conquistou pra ela
Foi felicidade tanta
Sorrindo que nem criança
Correu ao encontro dela
O pai da moça era brabo
E andava desconfiado
Do vaqueira campeão
E quando eles se beijaram
O pai da moça zangado
Começou a confusão
E o vaqueiro fugiu, ê boi,ê boi
Carregando a danzela, ê boi, ê boi (bis)
Deixado como lembrança
As flores e o troféu que ele conquitou pra ela

Vídeo incorreto?