Não acreditei
Quando olhei vi o tempo parado
E eu que andava amarrado
Ao seu pulso quente... esfriei
Minha bússola sem norte
Não compreende suas velas e planos
Um mergulho em sua imagem
Não me faz ver nada não
Nunca calculei
A distância entre Vênus e Marte
Porque estava em outro estado
Me despi da velha fazenda
Me aproximei daquela vitrine e me atirei
Um mergulho em minha imagem
Não te faz ver nada não
Quando abri os olhos disparou meu coração
Uma estranha luz vindo em minha direção.

Vídeo incorreto?