Não há como andar sem ver tudo que fez
Não posso deixar de ouvir o que me diz
Não que o vento sopre contra mim
Tudo ainda me leva a te encontrar
E como não te compreender, não há mais como me esconder

Então eu vou, eu vou me deixar
Então eu vou, vou me entregar
Vou me entregar, eu vou me entregar

Não há como andar sem ver tudo que fez
Não posso deixar de ouvir o que me diz
Ainda que o vento sopre contra mim
Tudo ainda me leva a te encontrar
E como não te compreender, não há mais como me esconder

Então eu vou, eu vou me deixar
Então eu vou, vou me entregar
Então eu vou, eu vou me entregar
Então eu vou, eu vou me entregar
Pois o melhor ainda virá [3X]

Vídeo incorreto?