Pra você ficar aqui (1996)
Afonso Rodrigues

Sabia
Que hoje em dia eu não tenho mais pra onde ir
Que começou o fim e não dá mais pra fugir
O meu amor à vida não vai mais existir
Que acabou o mundo ninguém vai me ouvir pedir
Pra você ficar aqui

Vazia
É a minha estrada hoje, não dá mais pra fingir
É fria a minha noite, não vou mais resistir
Gritando a vida inteira minha voz vai sumir
Cabeça voa à toa, solidão a me seguir
Pra você ficar aqui

Pra você ficar aqui
Volta e meia, a vida inteira
Céu, inferno, mar ou rio,
Deusa, mãe, irmã, guerreira
Tanto sonho pra sonhar,
Tanta boca pra beijar
Tanta noite pra dormir

Tanta estrada pra seguir
Pro cansaço há sombra, esteira
Tanto tempo pra sorrir,
Pra brincar, falar besteira
Pra cantar, fazer dormir
No espaço eu vim pedir
Pra você ficar aqui.

Vídeo incorreto?