Itsuka mita yume no youni
Como em um sonho que tive em algum dia
Suna no kuni o tabishita
Viagei ao país do deserto [da areia].
Anata no kata no mukou
Ao lado de seus ombros,
Chihei o mitsumete
Vislumbrei a paisagem. [o chão]

Shizuka sugiru hoshi-tachi no
As estrelas quietas demais
Nagai, nagai uta o kiita
Ouvi sua longa, longa canção
Sore wa kiete wa umareru
Desaparecendo isso, nascerá
Inochi no utagoe
A voz cantante da vida.

Itsumo, itsumo
Sempre, sempre
Wasurenai youni
Para não esquecer
Kaze to tori to
O vento, os pássaros,
Sora no kanashimi o
O céu com sua tristeza,
Wasurenai youni
Para não esquecer.

Ichido dake furi kaeru
Se olhar para trás somente uma vez
Tabi no owari no asa ni
Na manhã do fim da jornada
Sono me ni utsuru watashi to
Seus olhos refletem nosso
Hajimete deau
primeiro encontro.

Suki tooru ishiki no soko
Passando pelo limite da conciência
Sotto, sotto fureau yubi
Devagar, devagar se tocam nossos dedos
Koyubi Haruka uchuu no chizu
O distante mapa do universo
Egakareru shunkan
Desenhado num instante

Itsumo, itsumo
Sempre, sempre
Aishiaeru youni
Para se amar
Kaze to tori to
O vento, os pássaros,
Sora no kanashimi o
O céu com sua tristeza,
Wasurenai youni
Para não esquecer.
Tabi o hajimeru
Começa a viagem.

Vídeo incorreto?