Era sol, lindo dia... em Minas Gerais surgia
Mais uma criança pobre como em todo dia,
E seu pai batalhava, debaixo desse sol suava
Enquanto sua mãe lutava uma vida sofrida.

Na cidade pequenina, em Juatuba crescia...
Esse menino que cedo saiu para vida,
Com apenas 11 anos ele via crianças brincando
Mas tinha que enfrentar um ônibus pra ser trocador.

Deixou de lado os sonhos de criança
Sem saber se havia esperança,
Só o estudo e o trabalho, a vida o ensinou.

Com certeza não é um sonho de criança
Trabalhar em sua infância, mas fazia com amor,
Imagina que orgulho para seu pai
Um filho cedo demais se tornar trabalhador.

Hoje é um homem já formado, na vida "pós-graduado"
Vive os frutos de suor de um pobre passado,
Entre amigos disputado, na sociedade cobiçado
Mas seu coração não está no poder conquistado.

Homem bom, calejado, carrega as marcas do passado
É o tipo de patrão amigo de seus empregados
Amigos caminhoneiros, taxistas companheiros,
Hoje é um homem querido no país inteiro.

É um exemplo de perseverança
De que nunca perde a esperança,
De quem nunca olha as circunstâncias e confia em Deus.
Quem sabe assim a gente entende a razão
Que lutar não é em vão, pra quem sonha em vencer,
Não importa se você é rico ou pobre
Se és honesto, tudo pode...
Na luta pra sobreviver.

Vídeo incorreto?