Entorpecida


Eu me sinto sufocada, onerada, derrotada e abatida
Desapontada, levada além dos limites, frustrada
E abalada

Esse sentir demais, amar demais, esse fechar das cortinas
Continua
Com nenhuma chance de intervalo,
Eu vou estar de saída, eu vou embora

Como me privar de sensação?

Lá vem um sentimento
Eu corro do sentimento
E busco pela droga
Não posso tolerar esse sentimento
Prefiro estar voando
E confortavelmente entorpecida

Eu me sinto ansiosa, estou nervosa, estou entediada
Estou vencida, prefiro estar fora de mim

Como me privar de sensação?

Lá vem um sentimento
Eu corro do sentimento
E busco pela droga
Não posso tolerar esse sentimento
Prefiro estar voando
E confortavelmente entorpecida

Eu estou sozinha, tenho fome e não amor
Me sinto com raiva, estou pálida, preciso de um abraço

Lá vem um sentimento
Eu corro do sentimento
E busco pela droga
Não posso tolerar esse sentimento
Prefiro estar voando
E confortavelmente entorpecida