A vira do milenio foi la nas Dunas
Rezava bem baixinho para iemanjá
Foi, lá para o mar
As oferendas não retornaram jamais
As oferendas não retornaram jamais

La nas dunas, Itaúnas
La nas dunas, Itaúnas
Canta sabiá, Virgulino
Que são nosso pais
Verao alcalyno tambem ja nao fica pra trás

La nas dunas, Itaúnas
La nas dunas, Itaúnas
O salão da barraca de Jade era de taboa
A moçada pulava e dançava sem parar
e foi um forro
Pico da praia nao se esquecerá jamais

La nas dunas, Itaúnas
La nas dunas, Itaúnas
Canta sabiá, Virgulino
Que são nosso pais
Verao alcalyno tambem ja nao fica pra trás

Vídeo incorreto?