Conheci um conto de pessoas tão cruas
Quase sem explicação
Conheci um conto de pessoas imaturas
E também quase sem coração
Faces tão perfeitas compulsivas por espelho
Sem coragem para enfrentar
Faces tão felizes de felicidade cega
Só bobagem pode acreditar

Chega dessa história maluca
Onde tudo tem de ser como você prevê
Chega desse mundo pequeno
Pois faz tempo em que nele você se perdeu

Que planeta é esse onde todos tentam
Ser bem maiores ou bem mais que são
Um planeta onde as pessoas não se entendem
Cada um vivendo uma versão
Faces tão perfeitas compulsivas por espelho
Sem coragem para enfrentar
Faces tão felizes de felicidade cega
Só bobagem pode acreditar

Chega dessa história maluca
Onde tudo tem de ser como você prevê
Chega desse mundo pequeno
Pois faz tempo em que nele você se perdeu

Quanto vale o que teu pensamento
O que carrega o teu coração
Quanto vale o que tem ai dentro
Pra onde vai tua emoção

Vídeo incorreto?