Nuvem cinzenta


Nuvem cinza, passava sobre mim.
Assim foi, como eu vi você
Infeliz, que será de mim
Se naquele dia de abril, eu te viste partir.

Eu minto, eu sou cego
Quando eu penso, ficar sem ti
Choro, sofro o medo
De perder e viver assim
Morro vou vivendo
Busco e não encontrar amor sem ti
Sem ti, eu já não existem, já não vivo
Chego ao meu fim.

Cantarei na minha tarde cinzenta
Recordarei, que ali foi que te conheci
Morrerei com seu amor por mim
Viverei só para ti

Eu minto, eu sou cego
Quando eu penso, ficar sem ti
Choro, sofro o medo
De perder e viver assim
Morro vou vivendo
Busco e não encontrar amor sem ti
Sem ti, eu já não existem, já não vivo
Chego ao meu fim.

Eu quero que teu sorriso
Se torne em minha vida dia a dia
Que o céu se inunde de poesia
De amor por ti

Não te vás não
Fique aqui, eu sou teu paraíso perdido
Refugio caído, história sem vim