Uma tela branca ~viagem pelas pinturas~


Os pégasus de Redon
Possuem um azul misterioso
Os anjos de Rubens
Sorriem na cor das rosas

Ficando um tempo
Nos jardins de nenúfares de Monet
Sob as folhas das árvores de Rousseau
Você,às vezes,cochila (siesta)

Meu coração é sempre
Como uma paleta brilhante
Que sobrepõe as memórias

Os garotos de Kisling
Possuem o olhar de um primeiro amor
As garotas de Rossetti
Recitam o amor

Nos vales de Cézanne
Passamos pelas árvores
No céu estrelado de Gogh
Vagamos pela escuridão

O meu coração é como
Uma tela branca
Para que o futuro seja pintado

Você sempre está
Nesse meu coração
Aonde eu não consigo pintar ninguém