Não pense que vou combater com violência
A violência cega que você me trás
Não pense que vou combater com intolerância
A ignorância intolerante que eu não quero mais

Foi pra esse guerra que eu guardei as minhas armas
A consciência, o pensamento e a livre expressão
Não subestime a inteligência desse povo
Pois se cega os olhos ainda resta o coração.

Refrão:
Minha Voz já não cala mais
Voa pelo ar, vai buscar a paz
Minha Voz já não cala mais
Voa pelo ar, vai buscar a paz

Se o grito de socorro daquela criança
Fosse capaz de comandar uma revolução
E derrubasse o muro de desconfiança,
Hipocresia, falta de educação

Foi pra esses homens que eu guardei minhas verdades
A consciência, o pensamento e a livre expressão
Não abuse mais da paciência desse povo
Pois se cega os olhos ainda resta o coração.

Refrão:
Minha Voz já não cala mais
Voa pelo ar, vai buscar a paz
Minha Voz já não cala mais
Voa pelo ar, vai buscar a paz

E o povo vai com a mão na boca
E protege os dentes que ainda não caíram
E que bravamente, como o próprio povo,
insiste de teimoso em sobreviver

Até quando eu vou olhar pro céu
Rifado de bala
E ver uns com pouco
E outros com tão nada

Um país assim é que eu não quero pros meus filhos não!

Refrão:
Minha Voz já não cala mais
Voa pelo ar, vai buscar a paz
Minha Voz já não cala mais
Voa pelo ar, vai buscar a paz (2x)

Vídeo incorreto?