Meu Aquicó ja cantou no terreiro
Anunciando a chegada de xangô
Preto velho, africano, curandeiro
La tendo cabeça saravô

saravô meu pai, saravô
saravô meu pai, saravô

Meu orixá quando baixa no terreiro
De umbanda de banda ou de nago
O ogã batuqueiro de agogô
Batendo para xango um alojá
E os santo batendo no peito
Para filho de fé, saravá

Saravá meu pai, saravá
Saravá meu pai, saravá

Vídeo incorreto?