Anedota


Você pendura as medalhas em seu peito
E descansa por sete minutos
Você apaga as luzes, controla a cura
Você tentou muitas vezes, você ainda não tem certeza

Você pega o primeiro grátis
E passa-o para mim
Eu não recuso
Baby, se você soubesse..
Mas eu acho que você sabe

Você tira falas de livros ordinários
Você está desapontado pelo jeito dela
Você corta a circulação da sua mão
E calcula o movimento do pouco

E então, cai no sono novamente
E vaguea pelas estradas que perdem você
Não diga que você se sente do mesmo jeito
Amor, eu não acho que você sente

Você corta os vermes e os põe em ganchos
You desenha uma linha em direção aos livros mais próximos
Você conhece aquela que diz que sabe o plano
Você se finge impressionado e diz que não consegue entender
Porque você gosta de acreditar que todo amor é livre
Oh, alguém como você não vai nunca estar só, ou então passar pelas coisas
Mas, amor, não é verdade