A cada dia eu posso ver
A sua mão no entardecer
O sol que brilha
E cada onda expressa sua criação...
Mas como posso escrever sobre poder?
Se até mesmo eu falto crer
No seu perdão e as vezes
Na letra desta canção...

Mas quando os olhos se levantam para o céu,
Entendo quão pequeno sou,
E quão profundo e inexplicável
É o seu amor!

Sei que ao cair a noite fixa seu olhar
Em seus filhos que
O buscam de joelhos a orar!

Suas bençãos se renovam na manhã,
E eu posso ouvir sua voz, sentir a sua mão!
Toda manhã!

E se um dia eu esquecer, o que escrevi...
Senhor me ajuda pois, não quero te ferir!
E faças-me lembrar de que...

Ao cair a noite fixa seu olhar
Em seus filhos
Que o buscam de joelhos a orar.
Suas bençãos se renovam na manhã!
E eu posso ouvir sua voz, sentir a sua mão!

Ao cair a noite fixa seu olhar
Em seus filhos que
O buscam de joelhos a orar!
Suas bençãos se renovam na manhã!
E eu posso
Ouvir sua voz, sentir a sua mão!

Toda manhã!

Vídeo incorreto?