Estou num mato sem cachorro
Ai, ai, meu Deus, quase que eu morro
Com o bode que me deu
- e quem pagou o pato fui eu!
Um urubu pousou na minha sorte
A minha sogra, que é de morte
Me estranhou e o pau comeu
- Não sei que bicho lhe mordeu!
Vive pedindo a Deus que eu morra
Essa mulher tá com a cachorra
Avacalhou com o meu vidão
- Eu levo uma vida de cão
E agora a cobra tá fumando paca
E essa velha jararaca
É mesmo dose pra leão
Macacos me mordam
Se um dia eu não botar o galo pra cantar
- A velha é dose cavalar!
Essa coruja fala cobras e lagartos
Diz que eu vivo dando rata
Que o meu sangue é de barata...
O bom cabrito não berra!
Se um dia é da caça, o outro é do caçador
- Já tô com grilo, sim senhor!
E qualquer dia eu pego um rabo de tatu
Dou uma surra nessa fera
E mando a velha pro Caju

- Nem a minhoca vai querer esse urubu!!!!!

Vídeo incorreto?