Se eu disser desprezo, não se atormente
Não é a você que me refiro,
Falo de quem ama o próprio espelho.

Se disser distância,
É apenas o que o tempo inventa,
Não se preocupe
Palavras são como o vinho,
Vêm e vão...

Depois do prazer,
Resta o amargo na língua
Bebe o sim dos meus olhos
Porque o amor não engole sapo,
Mas a paixão devora.

Vídeo incorreto?