De menina a mulher


O que acontece nessa idade, que chega e começa a surgir
Essa sensacão de medo meio amando a mais de um milhão
O que acontece nessa idade, que até então ninguém quer nos entender
E ao redor tudo parece uma confusão

Passa, que se você não vê o ar ele se extingue
Que cada um que se vai, sua mente segue
Que se faz demasidamente forte e deixa sua vida à sorte
Que cada segundo dá voltas e voltas em teu mundo

REFRÃO
Você começa a namorar, você parece enlouquecer
Seu pulso se agita mais e só pensa nele
Você começa a namorar, vai de menina a mulher
Suas pupilas dilatam, te excita, te anima
Chega a faísca em sua vida

O que acontece nessa idade que começa a sentir de repente
Com cada ilusão um dardo que chega direto no seu coração
O que acontece nessa idade que cruza a liberdade de uma vez só
E ao te ver crescer então a razão se vai

Passa, que se você não vê o ar ele se extingue
Que cada um que se vai, sua mente segue
Que se faz demasidamente forte e deixa sua vida à sorte
Que cada segundo dá voltas e voltas em teu mundo

REFRÃO
Você começa a namorar, você parece enlouquecer
Seu pulso se agita mais e só pensa nele
Você começa a namorar, vai de menina a mulher
Suas pupilas dilatam, te excita, te anima
Chega a faísca em sua vida

Você começa a namorar, você parece enlouquecer
Seu pulso se agita mais e só pensa nele
Você começa a namorar, vai de menina a mulher
Suas pupilas dilatam, te excita, te anima
Chega a faísca em sua vida

Você começa a se apaixonar, e tudo tem uma razão,
Transmitir a felicidade através dos poros de sua pele,
Você começa a namorar, vai de menina a mulher
Suas pupilas dilatam, te excita, te anima
Chega a faísca em sua vida.