Desesperadamente só


Nada especial
Questão de horas sem ti
Justamente para me dar conta
Que a ferida segue aberta aqui
Que o tempo não muda a necessidade
De me ver em teus olhos e não me fazer mal

Uma constante,imaginar-te
Uma obsessão é não paro de pensar em ti
Uma constante, te recordar
Uma obsessão é que esqueço de te esquecer

Desesperadamente só
Com minha loucura enlouquecida
Com minha tristeza entristecida
Vazia e sem ti todas as horas do dia

Desesperadamente só
Com minha moral desvanecida
Com minha tristeza entristecida
Vazia e sem ti, todas as horas do dia

Tudo fatal e eu sigo por aqui
Onde acho a resposta
Se minha vida segue sendo cinzenta
E ninguém compreende a calamidade
De estar presa em tanta liberdade

Uma constante,imaginar-te
Uma obsessão,não paro de pensar em ti
Uma constante, te recordar
Uma obsessão, é que esqueço de te esquecer

Desesperadamente só
Com minha loucura enlouquecida
Com minha tristeza entristecida
Vazia e sem ti todas as horas do dia

Desesperadamente só
Com minha moral desvanecida
Com minha tristeza entristecida
Vazia e sem ti, todas as horas do dia

Desesperadamente
Com minha louca mente
Desesperadamente
Com minha louca mente
Completamente insolvente
Ow!

Desesperadamente só
(Desesperadamente)
Com minha loucura enlouquecida
(Com minha louca mente)
Com minha tristeza entristecida
(Eh,eh,eh,eh!)
Vazia e sem ti todas as horas do dia
(Todas as horas do dia)

Desesperadamente só
(Desesperadamente)
Com minha moral desvanecida
(Com minha louca mente)
Com minha tristeza entristecida
(Eh,eh,eh,eh!)
Vazia e sem ti, todas as horas do dia
(Todas as horas do dia)

Desesperadamente só
(Desesperadamente)
Com minha loucura enlouquecida
(Com minha louca mente)
Com minha tristeza entristecida
(Eh,eh,eh,eh!)
Vazia e sem ti todas as horas do dia
(Todas as horas do dia)

Desesperadamente só
(Desesperadamente)
Com minha moral desvanecida...