Anahí - es el amor (tradução)


De verdade tudo bem
Só que estou cheia tudo um três
Não perguntes por que
Se teu nome pinto na parede
Cheio todo o espaço
E embora não queira vou seguindo-te a cada passo

Não á questão, não á por que
Se meus olhos seguem o que vêem
E tu vives em mim
Isso desde sempre eu sei
Cada beijo faz estragos
E se resumo minhas contas sei que te amo

É como um grito de salve-se quem puder
É a loucura total e vice-versa
Um viva, uma explosão
E uma adorada resposta

É o amor, que vem e golpeia sacudindo-me
Que vai entre minha veias revolvendo-me
Da golpe trás golpe estremecendo-me
Vem com todo

O amor
Um doce veneno que invadindo-me
Me amarra a teus olhos elevando-me
Me prende a tua boca submetendo-me
É o amor

E não á nada melhor
Como isso de pensar em ti
Eu subo no teu trem
E sem equipare me levas
E em suas mãos devagar
Vou ao fim do planeta
E de tudo que passo

Em minha cabeça fazes mil piruetas
Tens as chaves e vais abrindo portas
E aqui em meu coração, á um intruso que chega

É o amor, que vem e golpeia sacudindo-me
Que vai entre minha veias revolvendo-me
Da golpe trás golpe estremecendo-me
Vem com todo

O amor
Um doce veneno que invadindo-me
Me amarra a teus olhos elevando-me
Me prende a tua boca submetendo-me
É o amor

E as razões que tu me das
Está bem, são demais
São suficientes

É o amor, que vem e golpeia sacudindo-me
Que vai entre minha veias revolvendo-me
Da golpe trás golpe estremecendo-me
Vem com todo

O amor
Um doce veneno que invadindo-me
Me amarra a teus olhos elevando-me
Me prende a tua boca submetendo-me
É o amor