Debaixo Do barro do chão
Da pista onde se dança
Suspira uma assustança
Sustentada por um sopro divino
Que sobe pelos pés da gente
E de repente se lança
Pela sanfona afora
Pega o coração do menino

Debaixo do barro do chão
Da pista onde se dança
É como se Deus
Irradiasse uma forte energia
Que sobe pelo chão
E se transforma
Em ondas de baião
Xaxado e xote
E balança a trança
Do cabelo da menina
E quanta alegria

De onde é que vem o baião?
Vem debaixo do barro do chão
De onde é que vem O xote e o xaxado?
Vem debaixo do barro do chão
De onde vem a esperança
Assustança espalhando
O verde dos teus olhos
Pela plantação?
Ô, ô vem debaixo
do barro do chão

Vídeo incorreto?