A vizinha lá de casa já tornou-se impertinente
Segura na sanfona e amola toda gente
O marido da um duro
Pra ganhar algum dinheiro
E ela na sanfona enche agente o dia inteiro

E o marido já não sabe o que fazer
Não come já não dorme de tanto se aborrecer
E a mulher nunca sai dessa agonia
É nhec nhec nhec na sanfona todo dia