Compassos e notas percorrem meu destino
Espero não ferir o coração
Lembranças remotas destorcem nossas vidas
Eu tento esquecer essa canção

Confesso que escolhi a solidão
Não sofro nessa vida por ninguém
Cansei dos falsos beijos
E sei que a vida é muito curta pra chorar

As vozes na brisa sussurram o segredo
E é você que nunca presta atenção
Os anjos conduzem bons meninos e meninas
Eu fico no calor da multidão

E o que importa?
Foi você quem disse adeus!
Não abro a porta, o silêncio é quem conduz meu coração.

Os corpos encontram-se na mesma avenida
E provo que essa história vai mudar
Memórias de um tempo em que riqueza era bondade
Na vida o que interessa é ser feliz, e sem você.

E o que importa?
Foi você quem disse adeus!
Não abro a porta, o silêncio é quem conduz meu coração.