Cabra pra cuidar do meu chamego
pra cuidar do meu tempero
Tem que ser dessa maneira
Não sou do tipo que se engana com besteira
Eu sou fulô que se cheira
Mas não pode abusar
Cabra eu não sou de me entregar
Por qualquer mel de panela
Eu não queimo a minha mão
Cabra veja lá o que é preciso
Pra ganhar o meu sorriso
Pra ganhar meu coração

Tem que ter fogo na foqueira
Saber subir na ribanceira
Querer brincar a brincadeira
Matar e morrer de paixão

Vídeo incorreto?