Que sufoco, to quase louco, passando mó barra
Um ano e tanto jogado no canto sem trampo mó cara
É o fundo do poço não encontro nenhum conto no bolso,
A mente vai a mil, não para tiu, ta osso.
Ontem tava frio, fique em casa a vont´s,
Pensando numa fita cabulosa de mil volts.
Bolei um plano, eu e cinco manos num seqüestro,
7 mil na minha mão e a rapa dividi o resto.

Dei um beijo na muié e na neném,
E fiz a oração que diz livrai do mal, amém.
Foi mó treta pra decidir, mas escolhi o refém
É um piveti de 6 e eu não to nem um pouco bem.
Mas fazer o que? Eu vou que vou.
Tem que ser assim, parece ser a única opção que sobrou pra mim.
Talvez com essa grana eu consiga um bom futuro
Ou quem sabe mais 12 anos atrás de um grande muro.

REFRÃO

Não adianta, chorar.
Não adianta, gritar.
Não adianta, chorar.
Não adianta, gritar.

Eu to aqui sem grana a quase uma semana injuriado
De campana pra pegar a vitima e por no carro
Descobri que o pai dele é um pastor abençoado
De uma igreja ali de cima que entra grana adoidado.
Já pensei, vishi, essa é minha chance mó mamão,
Vou pegar não quero nem saber, por mais que eu peque ou não.
Então, tem que ser fita rápida na precisão,
Pá e pum xá comigo, to virado num trovão.

Na missão, ta eu mais 2 mano e uma mina
Que já faz isso a miliano pra uma quadrilha.
No cativeiro já tem um parceiro pronto pro arrebento,
Só com um lençol e um diretinho anti rastreamento.
Que ta me ligando de cinco em cinco a todo momento.
E aí bonitão? Vai pega ou não nada de emoção,
É criança djow, não tem como errar nem vacilar,
É só pegar e por no carro e trazer pra eu cuidar.

Mas aí Jão, peraí então que eu já te ligo,
O sino da escola tocou tem criança saindo.
To vendo o menino ali se pã vai ser agora!
É só criar coragem, vai indo... vai... vamos... bora!

Vai moleque cala a boca, entra logo e não chora
Que minha paciência é pouca.
Sem trabalho minha vida já esta louca até umas hora.
É só seu pai me obedecer que eu te mando embora.

REFRÃO

Não adianta, chorar.
Não adianta, gritar.
Não adianta, chorar.
Não adianta, gritar.

Meu senhor, somos profissionais faz seus corre,
Se eu senti que você esta me tirando seu filho morre.
Já é 12:45 ouve eu não brinco,
Faça tudo que eu peço se não mando seu filho pros quinto.
50 mil em notas de 100 reais cê mesmo traz,
Não quero os homi envolvido. Entendido, né rapaz ?
Hoje é terça cê tem até sexta pra descolar,
Explica a fita pros irmão que eles vão te ajudar.
Eu já colei na sua igreja, lembrei lá do seu sermão.
AJUDAI UNS AOS OUTROS, NÃO ERA ESSA A MISSÃO?

Meu irmão, pense em sua família, num adianta,
Tem certeza? na vida vc colhe o que planta.
Essa frase me abalou, me lembrou minha filha.
OH TRALALALALALAOH, ela é linda.
Minha esposa sonhou com um clima nublado,
Tudo cinza, sem luau, sem o céu estrelado.
Gritos agudos de riso no breu,
Um pássaro ferido ensanguentado morreu.
Uma muralha desabou sobre o grito agudo,
Libertando e tirando a aflição do mundo.
Uma luz reluzente e o céu se abriu.
Eu sonhei essa fita ontem, como cê descobriu?
Não descobri nem conheço a sua trajetória,
tem mais, o tumor da sua filha foi embora.
Agora, a palavra é provada, não é história,
Entrega sua vida, se crer veras a glória.

Ai pastor cê nem vai acreditar.
Fala vô sim.
Eu vou pedir pro senhor por favor orar por mim.
Você falou a minha vida toda sem me conhecer,
Só pode ser Deus que ta usando você.
Não sei o que eu faço to juntando meus pedaços,
Ainda hoje cê terá seu filho em seus braços.

Vídeo incorreto?