Trenós de prata


nos eramos ao meninos do som cinza
nos paramos
nós apenas fizemos mossas
tempo de corações frios
no calor das maos quentes
nós flutuamos afastados em trenós de prata
aperfeiçoando meus inuteis encantos

nos dobramos nos quebramos nós apenas nao aguentamos
temos nenhum dinheiro por isso estamos correndo .
desta vez está errado , vamos procurá-lo
essa é a cura

entre as rachaduras do asfalto
as linhas são traçadas
nos dividimos rapidamente
homens dos mais ousados

como os sumarios migram
a geada recua e nós esperamos pela luta
ou nos escodnemos na mais espessa neblina

nos dobramos nos quebramos nós apenas nao aguentamos
temos nenhum dinheiro por isso estamos correndo .
desta vez está errado , vamos procurá-lo
essa é a cura

porque todso mundo sabe que não há solução
nem todas as pessoas gostariam
eu nao quero ficar nesse lugar para sempre
eu nao queo ficar para esta noite
eu vou bater meu passo em alguma outra vida

porque todso mundo sabe que não há solução
nem todas as pessoas gostariam
eu nao quero ficar nesse lugar para sempre
eu nao queo ficar para esta noite correr
Se eu tentar correr você pensaria e poderia encontar
Eu nem sequer penso que não há tempo
Se você quiser ir, que é a sua decisão
nunca foi a única que nunca disse adeus

porque todo mundo sabe que não há solução
nem todas as pessoas gostariam
eu nao quero ficar nesse lugar para sempre
eu nao queo ficar para esta noite correr
Se tentarmos executar você pensaria que eu poderia encontrá-lo
Eu nem sequer penso que não há tempo
Se você quiser ir, que é a sua decisão
nunca foi a única que nunca disse adeus