Agora deita no meu peito, e chora
E diz porque você foi embora
Bate no seu peito e diz
Que eu tô por fora
Lá fora é que é uma glória
Agora deita no meu peito e chora
Diz que tá agoniada
Que no lamento do berrante
Me apaixonei, sou rei das madrugadas
Eu sei que eu vou dar a volta por cima meu bem
Que a alma de quem canta sertanejo, não é de ninguém
Eu sei, eu sei, que vou te provar
Só caso se for por amor, rezo pra perdoar
Chora, chora, chora, chora
Ex-amor chegou ao fim
A nossa história
Chora, chora, chora, chora

Vídeo incorreto?