1 Mistério tão profundo
Deus é um e é três.
Ó Deus, maravilhoso és,
Triúno, grande és!

2 Mistério tão profundo
Deus é um e é três.
Ó Deus, maravilhoso és,
Triúno, grande és!

Aquele que nasceu,
Deus forte Ele é,
Um Filho se nos deu,
É o Pai eternal,
Menino, forte Deus,
Maravilhoso é!
O Filho é um co'o Pai;
Mistério sem igual!

3 É o Senhor o Espír'to,
Quem o pode explicar?
Tal Cristo vivo entrou em mim,
E vida veio dar.

4 É o Senhor o Espír'to,
Glorioso e real!
Tal Cristo vivo entrou em nós,
Com vida eternal.

O último Adão
Tornou-se Espírito;
Cristo, o Espírito,
Todo-inclusivo é.
O último Adão
Tornou-se Espírito
Cristo é o Espírito
E hoje habita em nós.

5 Deus Pai, no Filho, veio
E aqui me alcançou,
Deus, qual Espír'to, entrou em mim;
Morada Dele sou!

6 Manancial é Deus Pai,
Deus, o Filho, o jorrar,
E o Espír'to, o fluir,
Fluindo sem cessar.

O Deus Triúno em mim:
É um mistério, sim!
Oh! que glorioso é!
O Deus Triúno em nós!
O Deus Triúno em mim:
É um mistério, sim!
Maravilhoso é!
O Deus Triúno em nós!