No silêncio da noite eu ouvia a canção do luar
Canção que vinha do céu...
Canção que vinha do mar...
De melodia tão pura
Que fazia pensar na ventura
Na feliz possibilidade de viver... e de amar!
As estrelas o coro faziam da canção do luar
E as flores do meu jardim
Também queriam cantar...
Pensando... pensando em alguém
A quem amo...
A quem desejo bem
Repetia baixinho a canção:
"Ela é minha!"
"Ela é minha!"

Mas, de repente, o silêncio caiu em tudo
Não ouvi mais a voz do mar
Nem a voz do céu
Nem a voz do luar
No meu apartamento tristonho
Não encontrei
A mulher do meu sonho
A quem tanto amei
Uma ponta de cigarro
Manchada de carmim
Foi a única lembrança
Que ficou pra mim.

Vídeo incorreto?