Em teu olhar tão meigo
Em teu sorriso sedutor
Em teu porte sereno
Em teu jeitinho encantador
Eu resumi, querida
Toda felicidade
O bem da minha vida
Eis a pura verdade
Agora só espero
Merecer o teu amor
Porque teu coração
Do meu já é real senhor
E juntos pelo mundo
Havemos de viver
Sem nada que perturbe
Nosso amor, podes crer.

Amar é transformar as penas em sorriso!...
Amar é transformar o inferno em paraíso!...
O amor embala a vida quando é puro,
O amor conduz à morte se é perjuro!...
Eu quero ser feliz - serei um dia!
Eu quero ser amado - serei um dia!...
Porém, amado com toda sinceridade...
Mentira de amor, não é amor, é falsidade!...

195


Ficha técnica da faixa
Voz: Arnaldo Amaral
Fon-Fon e sua Orquestra

[ Valsa - Colúmbia 55.168B - Intérprete Arnaldo Amaral com Fon-Fon e sua Orquestra - Filme "O bobo do rei" - gravado em 1940 como Mentira de amor - Victor - Intérprete Orlando Silva - orquestração Lírio Panicalli ]

Vídeo incorreto?