Nosso amô
Que nasceu, dentro d'um sonho
De uma noite sertaneja
Festejando Santo Antônio
Terminou
Quando ocê veio de lá
Das bestera da cidade
Me largando, ao Deus dará
Ó meu amô
Minha vida, ó criatura!
Já não posso suportá
Esta dor que me tortura
Todo dia
Quando o sol vai merguiando
E a lua despontando
Por detrás da serrania
Desolada
Boto os olhos na estrada
Procurando na amplidão
Se vem lá meu coração

Vídeo incorreto?