Numa estrada quase abandonada
Uma palmeira mais triste que o luar
Vive lá na encruzilhada
Triste apaixonada que vivia sem falar

Palmeira do sertão
Manda tua mágoa pro meu coração
Também estou muito triste
Tenho os olhos rasos d'água
Tenho um violão

Disse um poeta
Que por lá existe
Quem nunca viu palmeira assim tão triste
Palmeirinha posta para um sonho
Resto da saudade
De um coqueiro que morreu

Vídeo incorreto?