O barco e o mesmo
Que vai navegando esta vida levando nós dois

Posso ter mais de quarenta e alguns pés de galinha
Mas não invejo as gatinhas que você quer conquistar.
Posso ter mais uns quilinhos, meia idade coroa
Mas sou que nem um bom vinho
Que quanto mais velho melhor paladar.

Posso não ter vinte e poucos, você também não é moço
Já que comeu toda carne, vai ter que roer o osso
Ou junta os seus cacarecos da linha, foge da raia
Ou vira peixe fisgado, fisgado enrolado na minha malha.

Nosso amor é fera,
Não tem tititi, nem encenação
Apesar dos "entas"
A gente arrebenta na hora do bom
Respeito teus sonhos,
Tuas fantasias, mas não vem me pisar
Eu sou tua princesa,
Teu par, na cama, na mesa, na hora de amar.

Vídeo incorreto?