Nas minhas curvas você diz que capotou seu coração
Ta sempre verde o meu sinal na mão e na contra-mão
Por vales, campos e montanhas desbravando as emoções
Bebendo água cristalina na fonte das ilusões.

Seus olhos são como dois faróis iluminando a escuridão
Vem carregado de saudade com sua carga de paixão -
Primeira, segunda, terceira engatando sem parar,
Cada vez mais de pressa não vendo a hora de chegar.

Vem cá caminhoneiro, faz de mim a sua estrada
Vem cá caminhoneiro, deixa eu ser a sua amada
Vem cá caminhoneiro, acelere, vem me amar
Vem cá caminhoneiro, pode pisar fundo, meu amor vem cá.

Vídeo incorreto?