"Esse canto é importante, poucos reconhecem.
Poucos agradecem.
Seja como for
Represente pois é a sua nascente
Ontem e sempre".

Nem o sol, nem a lua
Quis me dizer
O que sente, o que se vê
Quando a dor se espalha
Na página uma nova falha
Flashs que se relata na madrugada
No grito o desabafo
De quem perde o mundo
E vê sua vida se escorrer no ralo
Só por você
Manifesto em poucas palavras
É só você
Que mantém a humildade alta
Lua de prata
Abençoa minha terra sem fé
Seja como for
Me entrego ao seu amor
Como me entrego ao valor de uma mulher
Assim vou
Por esquinas da vida clandestina
Em corda bamba
Sem ter certeza se amanhã terei vida
Mas assim vou…
Caminhando em passos largos
Na saudade, na necessidade.
Na malandragem…
Enquanto eu posso
Vou com o samba de raiz
Melodiando no lugar excluído desse país
Pois apesar do sofrimento muita gente aqui é feliz
E tenho orgulho quando o meu povo diz
Que nasci, cresci e não tenho vergonha de onde vim
E sou o que sou hoje pelo amor que recebi
Hoje e sempre!


Refrão

Favela te recebe de braços abertos
Seja de longe ou de perto
É melhor não vacilar

Favela que ta sempre de olho aberto
E por isso eu to esperto
Ela me ensinou chegar 3x

Vídeo incorreto?