Eu gosto de pensar na noite em que você se foi
Era eu você, se antes e depois
Com todo o desejo, toda a malícia que trazia o teu beijo
Com seu estilo afável em me tocar
Rompia obstáculos que a intensidade nem poderia imaginar
Em tempo musicado, incenso a proliferar
Á meia luz sem segredos
Seus sussuros em meu ouvido me deixam sem sossego
Seu improviso me leva ao delírio, é o que mais admiro
Agradeço a Deus, por ter colocado você em meu destino
A você reverencio, demonstro o que realmente sinto
Meia vida levei pra saber
Que você me completa e me faz querer
Ser pra sempre jovem e jamais morrer
Só você me faz perder os sentidos
Meu relógio, meu dia e meu mundo
Roda totalmente invertido
Sua luz me seduz, ilumina os meus pensamentos
Me faz ser criativo
Criar versos, criar ritmos
Numa simples folha expresso tudo o que sinto
Na realidade ou no paraíso
Eu sou princípio e lírico
Mantenho o equilíbrio
Provo que apenas por ti vivo com todas as letras
Como um poeta que só usa a mesma caneta
Para não quebrar o nível de suas declarações
A quem tanto cita, a quem tanto deseja

A poesia me vem
Frases, rimas e canções!
Nostalgia também
Tudo lembra você meu bem-querer

Quero te acompanhar por todos os lados
Quero ser o seu batom, o seu perfume
Sua lágrima de alegria
Jamais queria ser o seu costume
Quem sabe um bom sonho?
Um que jamais pense em acordar
Mais se despertar, sinta saudades
E tenha reacões ansiadamente em devorá-lo
E que seu dia passe em poucos segundos
E quando o sono vir, que venha contudo!
Que a sua alma peca licença ao mundo
Para dar continuidade ao que a claridade impediu
Talvez não seja um sono eterno
Mais foi um que de olhos fechados você sorriu
E no tempo em que estiver sonhando te darei tudo que você precisa
Mentalmente desperto a sua taquicardia
Quero ter paz comigo mesmo ou simplesmente com você
Quero algo mais além de um beijo
Nostalgia me faz companhia ao anoitecer
Nem imagina a quantidade de poemas que escrevi a você
Quero estar contigo, contigo sempre!
Vem comigo, sem receio sou mais que um amigo
Sou seu abrigo
Quero ter paz com por invadir o seu domínio
Sem pedir licença, às vezes abuso nos rabiscos
Em ser transparente contigo ou comigo
Mais o que posso fazer, se não consigo esconder
Tudo o que realmente sinto por você

A poesia me vem
Frases, rimas e canções!
Nostalgia também
Tudo lembra você meu bem-querer

O que seríamos se não existisse o passado
Para guardar os grandes momentos que se passaram
As atenções, os abraços as trocas de sílabas
Que mudaram o nosso vocabulário
Com frases complexas e tempos indeterminados
Sempre fui ousado e por você interessado
Antes de pensar em me prender..
Você dentro de mim, já tinha se enraizado!
Hoje não consigo entender como tudo se perdeu
Em que dimensão está você, em que galáxia estou eu?
Elaboro questões instantaneamente
Não encontro respostas para os meus pensamentos
Preso as correntes
Simultaneamente relembro de nossas loucuras
Você como professora me ensinando kama-sutra
Fantasias que se libertaram e deixaram de serem ocultas
Beijos indecentes com sabor de uva
Por que só eu sei o quanto pra mim você tem valor
Só eu sei a dor que senti quando tudo se acabou
Mais ainda sinto dependência pela sua essência que é bastante rica
Ainda necessito de uma dose de amor, esperança e confiança
Que me acompanhavam todos os dias
Onde quer que esteja espero que esteja bem sem se lamentar
Quem sabe um dia essa canção você venha a escutar

"na paz do seu sorriso...".

Vídeo incorreto?