Então eles se foram
Não havia rumo ao certo
Cada instante, surpresa ou temor
Os outros ansiavam por seus erros
Não havia como ter coragem
Tinham, ainda assim, que fugir
Restos de uma sombra do passado
Aquela que não queria desvanecer
Restos de uma lenda do passado

Aqueles que fogem devem lutar contra o mal que não
enxergam em si

Fugiram e lutaram
Enxergaram o fim em cada princípio
Levaram o peso da sua dor
Indo além de onde acaba o caminho
Cada temor em instantes de surpresa
Indo dizer que o perigo era presente
De onde menos se espera
A traição toma forma e ameaça
Daquele que mais se espera
Então só resta uma lembrança no passado

É bom saber que fugir desse mundo é encontrar um outro
mundo

Bastou deixar esse falso mundo
Uns quiseram ficar para ver
Se o tal mundo veria o futuro chegar
Coube a eles o desejo de voltar atrás
Ao final, se conformaram em contar
Restos de um mito do passado

O sabor da ilusão vale mais que o desgosto sensato da
realidade

Ir atrás de uma ilusão
Não exige mais que a verdade
A perseguição que insiste em vir
Tende a se perder no caminho
Indo até o fim de suas lendas
Ninguém se arrepende de sonhar
Gastar o tempo criando uma realidade
Ínfima como o futuro da "sensatez"
Vasta como a duração da eternidade
Eterna como o sabor da liberdade
Livre como o desejo de ser feliz

Vídeo incorreto?