Prevalecer, nossa luta
Se desprender, da disputa aos poucos
Se sentem tão a sós por não ver solução
Se esquivam dos corpos e caminham pelo pão nosso de cada dia
Haja força pra ser guia
Portador incansável, repito o que me sopram a sós

Ao se livrar dos nós, verá que o todo é um só.
Vidas inteiras, apagadas de nós, só nos deixaram a voz
Não vê quem sou, se prende aos próprios espelhos
Novas voltas vão firmar, quais são os rastros que eu vim deixar

Nunca em vão.
Resistência aos que segregam ao invés de unir
Injetam ódio se negando a ouvir os próprios gritos por socorro.
Ao se livrar dos nós, verá que o todo é um só.
Vidas inteiras, apagadas de nós, só nos deixaram a voz
Não vê quem sou, se prende aos próprios espelhos
Novas voltas vão firmar, quais são os rastros que eu vim deixar.

Vídeo incorreto?