Por trás do seu orgulho escorre o pranto
De quem fechou o peito para abrir os olhos
E não vê nada , nada que te impeça
De juntar os pontos que faltam
Limita demais a força que traz mesmo sem saber com você
Não há porque
Em cada porta , existem sempre novos EUS
Capazes de transformar os limites , em nova opção

Todos sonhos que você não tocou
Renascerão, em novos planos, novas distrações
Distante de mim pude ver bem melhor quais são as perdas
Que eu vou enfrentar.
Me entrego a cada novo despertar
O mesmo escuro em novas situações
Sempre atrás da calma
Sempre por trás da sombra
Toda opinião sobre o que é ou não a vida
Irá florescer aos poucos em um novo curso sem fim
Se há respostas
Cabe a você descobrir suas respostas

Vídeo incorreto?