Cada vez mais você
Você que me faz tão bem
Desse sentimento bom quero cada vez mais
A paz de querer o seu bem, bom demais quero cada vez mais
Você que me faz tão bem
Desse sentimento bom quero cada vez mais
A paz de querer o teu bem, bom demais, bom demais...

Eu tiro a chave de casa do bolso, na madrugada
Não ouço nada, e abro a porta trancada, vou
Vou te beijando pelo corredor acendo a luz e encontro nosso valor
Você traz calor eu trago o frio
Pelo seu corpo a alma dor do Brasil
Nos seus olhos o poder do arrepiu
Na sua mão o toque sutil
Peça por peça some em meio as conversas
Noite é intima eu adoro quando vc conversa que essa noite nunca vai acabar
Que foi pra vc uma historia que da pra cantar
Da pra repetir, Da pra se de verdade
Diz, te ver denovo se dá vontade
Da saudade eu posso tar sendo vitima
Então vou te amar como se fosse a ultima

Você que me faz tão bem
Desse sentimento bom quero cada vez mais
A paz de querer o seu bem, bom demais quero cada vez mais
Você que me faz tão bem
Desse sentimento bom quero cada vez mais
A paz de querer o teu bem, bom demais, bom demais...

Ó, enquanto ela se arruma o mundo perde o rumo
Afogo minhas ilusões e aumento o consumo
É um vicio, um compromisso
Vou entendendo isso mas, ta dificil
O dia vem e você vai, atrasada diz
Agente se vê e simplesmente, vai
Vejo em você a beleza da vida tristeza da despedida com um amor em seguida a partida
Faz seguir em frente logo após são os caminhos do sentimento que move o coração, não
Não vejo fantasma em qualquer sombra mas na solidão a saudade me ronda
Sozin é tenso e penso em ligar, marcar um lugar, pra gente se encontrar
A noite no luar eu quero repetir o mesmo, calor, amor deixa eu ser o seu desejo, vai

Você que me faz tão bem
Desse sentimento bom quero cada vez mais
A paz de querer o seu bem, bom demais quero cada vez mais
Você que me faz tão bem
Desse sentimento bom quero cada vez mais
A paz de querer o teu bem, bom demais, bom demais...

cada vez mais você...

Vídeo incorreto?